A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) divulgou nesta semana que oito pesquisadores da instituição, entre eles quatro farmacêuticos, estão entre os 100 mil cientistas mais influentes do mundo. O estudo com o ranking foi publicado pelo Journal Plos Biology, revista científica que divulga, sob o sistema de peer review (revisão por pares).

Os pesquisadores farmacêuticos destacados são os notáveis Prof. Damião Pergentino de Souza, Prof. José Maria Barbosa Filho, Prof.ª Luciana Scotti e Prof.ª Maria de Fátima Agra.

O levantamento foi conduzido pela Universidade de Stanford, nos Estados Unidos (EUA), liderada pelo médico-cientista grego-americano John Ioannidis, que tem diversas contribuições na área da saúde.

O estudo foi fundamentado nas citações da base de dados Scopus, que atualiza a posição dos cientistas segundo o impacto de suas pesquisas ao longo da carreira e no último ano. No caso deste ranking, em 2019.

Diante da população mundial, calculada pela ONU em 7,79 bilhões de pessoas, é um privilégio que a Farmácia paraibana conte com quatro dos 100 mil mais brilhantes pesquisadores da atualidade.

Skip to content